AL economiza R$ 600 mil em pregões para aquisição de arroz e reabertura da Camila

0
Um dos pregões serviu para compra de uma unidade de concentração e secagem de leite e soro de leite, destinada à unidade industrial da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), a antiga Camila, instalada no município de Batalha (Foto: Thiago Sampaio)
MA03119_Banner_Circuito_Odonto

Petrônio Viana

Em dois pregões eletrônicos realizados nesta semana pela Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), o Governo do Estado economizou quase R$ 600 mil em recursos provenientes do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep) e emendas parlamentares.

O primeiro pregão, realizado na quarta-feira (19) resultou na aquisição de 200 toneladas de sementes de arroz. O segundo, ocorrido nesta quinta (20), serviu para compra de uma unidade de concentração e secagem de leite e soro de leite, destinada à unidade industrial da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), a antiga Camila, instalada no município de Batalha. A documentação apresentada pelas empresas vencedoras dos dois pregões deverá agora ser validada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Para aquisição das sementes de arroz, o governo dispunha de R$ 1.360.000 do Fecoep. A proposta vencedora foi de R$ 1.300.000, ou seja, R$ 60 mil a menos que o previsto. A melhor proposta foi apresentada pela Sementes Santana, uma das empresas vencedora do pregão eletrônico para aquisição das sementes de feijão, milho e sorgo distribuídas para mil famílias de agricultores familiares em maio deste ano.

Espera-se agora a análise laboratorial a ser realizada pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), confirmando a qualidade das sementes de arroz. Um laudo preliminar apresentado pela empresa junto com sua documentação, elaborado pelo mesmo instituto, teria apontado 100% no índice de pureza da amostra enviada, com 85% de germinação. De acordo com o superintendente de Desenvolvimento Agropecuário da Seagri, Hibernon Cavalcante, as sementes de arroz serão distribuídas pelo Governo do Estado nos perímetros irrigados Boacica, Itiúba e Marituba, na região do Baixo São Francisco, geridos pela Codevasf.

Para o pregão eletrônico realizado nesta quinta-feira, destinado à aquisição dos equipamentos para a unidade industrial da CPLA, o Governo do Estado dispunha de R$ 10.549.000 provenientes de emenda parlamentar apresentada pelo deputado Givaldo Carimbão ao Orçamento Geral da União. O martelo foi batido no lance de R$ 10.010.000, uma economia de R$ 539 mil que poderão ser usados na aquisição de outros equipamentos necessários à reabertura da antiga Camila.

Transparência

O resultado dos dois pregões animou o secretário de Estado da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, que cumpre agenda de trabalho  no Estado do Maranhão. Por telefone, ressaltou a preocupação do Governo de Alagoas com a boa aplicação dos recursos.

“Os pregões eletrônicos fazem parte do trabalho sério e transparente que o Governo do Estado está promovendo pelo desenvolvimento do setor agropecuário de Alagoas. No caso das sementes, é a primeira vez que eles estão sendo realizados. O resultado é a aquisição de sementes da melhor qualidade, o que vai refletir no aumento da produção rural e na melhoria das condições de vida do agricultor familiar”, disse o secretário.

“A reabertura da unidade da CPLA terá como resultado o fortalecimento da cadeia do leite em Alagoas, dando garantias ao pequeno produtor de que sua produção será comercializada. Além disso, a unidade vai servir como reguladora do preço do leite no Estado, impedindo que indústrias de fora pressionem o pequeno produtor e paguem um preço muito abaixo do valor de mercado, como vinha ocorrendo”, destacou Vasconcelos.

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA