Missão portuguesa: Alagoas é um produto que precisar ser divulgado na Europa

0
MA02819_Banner_Circuito

nuno missao 1

O Brasil precisa aumentar o fluxo de turistas europeus para compensar a balança comercial do turismo, está foi a recomendação realizada pela missão portuguesa durante sua estadia em Alagoas, no circuito de workshop realizado semana passada. Segundo o diretor executivo do Polo de Tecnologia de Óbidos, Miguel Silvestre, o Brasil até 7 anos atrás tinha uma divulgação boa dos destinos turísticos, seja em ação institucionais através de anunciou de mídia e até espontâneas através das telenovelas.

Entretanto de quatro anos para cá as únicas notícias que chegam à Europa são péssimas, principalmente da violência no Rio de Janeiro. Segundo Miguel Silvestre é preciso reagir com uma campanha de marketing positivo, mostrando que o Brasil não só o Rio de Janeiro e o país possui estados como o Alagoas com um dos índices mais baixos de violência e que o turismo é uma prioridade do Governo Estadual.

Comitiva esteve na Barra de São Miguel a convite da secretária municipal de turismo Claudia Pessoa e da presidente da Associação de Empreendedores de Turismo, Bethe Lopes Aembar

O empresário Nuno Mendonça, diretor da empresa de consultoria Núcleo Inicial, e que nunca veio ao Brasil, disse que ficou surpreso com a beleza e potencial existente no país. O executivo vive no eixo de negócios entre Europa, Canadá e Estados Unidos e é responsável pela viabilização e desenvolvimento de empreendimento de várias áreas de negócios.

Segundo ele Alagoas, que o único estado que visitou até agora, possui todos os requisitos necessários para o desenvolvimento do turismo internacional. “O que se estar a precisar é de divulgação. De um trabalho sistemático e continuo de marketing para mostrar as belezas naturais existentes, opções de roteiros e o trabalho de segurança realizado pelo Governo do Estado. Isto proporcionar tranquilidade para o turista decidir o destino para o qual se vai viajar”, declarou Nuno Mendonça.

O executivo elogiou a iniciativa da empresa alagoana MZT Comunicação e Marketing, em se instalar em Portugal, com o objetivo de iniciar esse trabalho em divulgação do destino Alagoas não só em Portugal, mas em todo continente Europeu. Segundo ele há também uma grande perspectiva de ser trabalhar o mercado turístico canadense, que tem interesse em vir ao Brasil, mas que para isso é preciso investir em divulgação externa.

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA