Notícias

Duplicação da BR-101, entre Rio Largo e Joaquim Gomes, fortalece integração regional

Texto de Severino Carvalho

Ao lado do ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Maurício Quintella, o governador Renan Filho participou, na manhã desta segunda-feira (26), da inauguração, em Messias (AL), do trecho de 30 quilômetros de duplicação da BR-101, localizado entre Rio Largo e o município de Joaquim Gomes. A solenidade contou com as presenças do senador Renan Calheiros e dos ministros da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, e do Turismo, Marx Beltrão.

 

(Fotos:Márcio Ferreira)

 

A obra de duplicação da rodovia federal forma um corredor de 260 km, que vai de Maceió a Recife (PE). O percurso da BR-101 segue duplicado por mais 287 km, da capital pernambucana até Natal (RN). Para o governador de Alagoas, duplicar rodovias significa mais segurança aos usuários.

 

“Rodovias duplicadas são fundamentais, porque salvam vidas. Muitas famílias perderam seus entes queridos nas curvas e retas da BR-101. Agora, com essa rodovia duplicada, o número de acidentes diminuirá muito, sobretudo o de mortes. Isso é muito importante, porque preserva a vida das pessoas”, enfatizou Renan Filho.

 

(Fotos:Márcio Ferreira)

 

De acordo com o ministro Maurício Quintella, estima-se uma redução de mais de 20% no número de acidentes na BR-101 com a duplicação. Segundo ele, mais de dois milhões de pessoas serão beneficiadas com as obras só em Alagoas, gerando impactos positivos à economia do Estado, sobretudo à atividade turística. Foi a última inauguração de Quintella em Alagoas frente ao Ministério. Ele pretende disputar as eleições em outubro deste ano e deve se descompatibilizar do cargo.

 

“Essa semana eu me afasto para retornar à Câmara dos Deputados, mas fechamos com chave de ouro, entregando o eixo Norte da obra rodoviária mais importante para Alagoas e para o Nordeste.

 

(Fotos:Márcio Ferreira)

 

“A BR-101 é uma rodovia de 1.047 quilômetros, que nasce lá no Rio Grande do Norte e vai até Feira de Santana, na Bahia. Sua duplicação estava paralisada quando assumimos o Ministério dos Transportes. Retomamos nove lotes, o último deles em Pernambuco, três em Alagoas, dois em Sergipe e quatro na Bahia”, citou Maurício Quintella.

 

Ele afirmou que os investimentos na duplicação da BR-101 em Alagoas, da ordem de R$ 1,8 bilhão, fortalecem a integração regional do Nordeste brasileiro. Em Alagoas, a obra foi dividida em seis lotes, todos feitos em pavimento de concreto. Agora, são 156 quilômetros duplicados no Estado.

 

Dimensão

 

As obras de duplicação da BR-101 no Nordeste vão de Natal (RN) até Feita de Santana (BA), previstas no Programa Avançar do Governo Federal. São 1.047,7 quilômetros, interligando 69 municípios, incluindo seis capitais. São beneficiadas diretamente mais de 11 milhões de pessoas. Até o momento, 687,4 quilômetros já foram duplicados.

(Fotos:Márcio Ferreira)

“Entregamos, hoje, a rodovia totalmente duplicada em Alagoas, à exceção da área indígena. Vamos liberar R $ 4,8 milhões para o início da compensação da aldeia Wassu-Cocal, que possibilitarão a construção desses 11 quilômetros que faltam, mas teremos toda essa rodovia duplicada de Maceió até Recife e da capital de Pernambuco até Natal, interligando quatro capitais nordestinas por uma rodovia totalmente duplicada: Maceió, Recife, João Pessoa e Natal. Brevemente , também teremos Aracaju e Salvador, porque as obras continuam nesses outros trechos”, garantiu Maurício Quintella.

 

Durante seu discurso, ele fez um balanço de suas ações frente ao Ministério, a exemplo da obra executada por meio de convênio com Governo do Estado: o viaduto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Quintella anunciou, ainda, outros investimentos como a readequação das avenidas Durval de Góes Monteiro, Fernandes Lima e Avenida Menino Marcelo até o Barro Duro, obras orçadas em R$ 39 milhões.

 

(Fotos:Márcio Ferreira)

 

Ao agradecer a Marx Beltrão e a Maurício Quintella pelo trabalho em Brasília (DF) em prol de Alagoas, Renan Filho afirmou que o Estado se beneficiou com a presença de dois alagoanos nos Ministérios que, aliados à bancada federal, garantiram investimentos fundamentais ao desenvolvimento, sobretudo nas áreas da Infraestrutura e do Turismo.

 

“Nós que batemos recordes no recebimento de turistas, com rodovias novas e duplicadas, vamos dar um salto ainda maior”, avaliou o governador, citando, ainda, a duplicação da AL-220, entre Maceió e Arapiraca, que está sendo  executada pelo Governo do Estado.

 

“O somatório de esforços dos ministros alagoanos, da bancada federal, e do Governo do Estado tem conseguido manter Alagoas firme, mesmo em meio à crise nacional”, completou.

 

Prestigiaram, ainda, a solenidade o diretora-geral do DNIT, Valter Casimiro; o secretário de Estado da Infraestrutura, Fernando Fortes; do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito; do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral; o diretor-presidente do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas  (IMA/AL), Gustavo Lopes; o prefeito de Messias, Jarbas Omena; o presidente da Associação dos Municípios Alagoanos  (AMA), Hugo Wanderley; prefeitos de municípios da região, dentre outras autoridades.

Artigos relacionados
DestaquesNotícias

TAP confirma manutenção do voo Lisboa/Maceió e aguarda liberação para turistas brasileiros

A companhia aérea portuguesa TAP confirmou com exclusividade ao portal circuitoalagoas.com.br, que os voos Lisboa/Maceió continuarão e que não existe…
DestaquesNotícias

Ex-CEO TAP e AZUL lança plataforma de viagens no Brasil

Antonoaldo Neves estreia como empreendedor com a P2D Travel, primeira plataforma digital que permite a criação gratuita de agências de…
DestaquesNotícias

Circuito Penedo de Cinema lança edital para propostas de identidade visual

Inscrições são on-line e os trabalhos devem ser enviados até o dia 31 de maio  O Circuito Penedo de Cinema,…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :