ALAGOAS

Operação Lei Seca será intensificada

Texto de Lays Peixoto
e Mácio Amaral/ SECOM GOV DO ESTADO

A operação Lei Seca, coordenada pelo Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), irá encerrar 2019 com uma trajetória de conquistas para a segurança no trânsito do estado. Além de o alto número de ações realizadas, a operação otimizou o equipamento utilizado nas fiscalizações e comemorou sete anos de implantação em Alagoas com grandes avanços.

Devido às festividades de fim de ano, as fiscalizações serão intensificadas em todo o estado. “É uma época de muitas confraternizações e que exige uma atuação ainda maior da nossa operação. Vamos proteger a família alagoana, para que todos possam comemorar o Natal e a chegada do novo ano em paz e com segurança”, afirma Emanuel Costa.

Para 2020, o objetivo é fortalecer ainda mais a operação a partir de uma atuação maior em diversas cidades do estado. “Pretendemos chegar em cidades de interior que ainda não tivemos a oportunidade de ir. Queremos reduzir os acidentes nesse interior e humanizar cada vez mais para que as pessoas tenham a percepção dos riscos do trânsito”, explica.

Costa ressalta a importância da parceria com as Superintendências Municipais de Transporte e Trânsito (SMTTs). “Vamos fazer convênio com a entrega do etilômetro e treinando os agentes das SMTTs para que eles façam ações educativas e de fiscalização naquele município. A ideia é fazer mais com menos, e, com isso, reduzir cada vez mais os acidentes e preservar mais vidas em nosso estado”, pontua.

Conquistas

Implantada no estado em 2012, as atividades da Lei n° 11.075, a Lei Seca, se intensificaram a partir dos últimos quatro anos. As ações de fiscalização alcançaram cidades do interior, e, em parceria com o desenvolvimento de atividades educativas, como palestras em empresas e instituições públicas e privadas, a operação teve papel decisivo para a queda no índice de flagrantes de alcoolemia e redução de acidentes e mortes no trânsito.

O diretor-presidente do Detran/AL, Adrualdo Catão, acredita que esse ano foi um período de muitos avanços na logística da operação. “Implantamos o talonário eletrônico e esse foi um ganho extremamente importante para o Detran de Alagoas. Saímos na frente na agilidade, na segurança jurídica e na transparência, pois, com a aquisição do equipamento, passamos a verificar a situação do veículo e do condutor em tempo real. Foi um benefício para a população alagoana, para os nossos agentes e para a segurança pública como um todo”, destaca o gestor.

Ainda esse ano, Alagoas sediou o VIII Fórum Nacional das Operações Lei Seca do Brasil e o coordenador estadual da operação, tenente Emanuel Costa, foi eleito, por unanimidade, presidente do Fórum que tem o objetivo de discutir as ações da Lei Seca através da mediação e padronização dos procedimentos operacionais. A partir dessa iniciativa que busca aproximar os coordenadores e entender as necessidades de cada estado, soluções serão elaboradas para aprimorar as atividades da operação em âmbito nacional.

O encontro reuniu coordenadores de 12 estados do país. Na oportunidade, eles acompanharam uma ação de fiscalização no estado, com o propósito de entender o funcionamento e a logística da ação de fiscalização em Alagoas, referência nacional em organização, humanização e eficácia.

Balanço Anual

De janeiro a novembro, foram realizadas 665 ações educativas e de fiscalização em todo o estado.  Ao todo, 41.881 veículos foram abordados e 46.915 testes de alcoolemia realizados. Mais de sete mil Autos de Infração de Trânsito (AITs) foram aplicados por diversas irregularidades.

Durante as fiscalizações do ano, 737 condutores se recusaram a fazer o teste, o que leva à autuação pelo Artigo 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e outros 169 foram presos em flagrante. 1.089 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) foram recolhidas ao Detran/AL e 1.119 condutores apresentaram situação de alcoolemia. Outros 1.306 foram flagrados conduzindo veículo sem habilitação.

Intensificação

Devido às festividades de fim de ano, as fiscalizações serão intensificadas em todo o estado. “É uma época de muitas confraternizações e que exige uma atuação ainda maior da nossa operação. Vamos proteger a família alagoana, para que todos possam comemorar o natal e a chegada do novo ano em paz e com segurança”, afirma Emanuel Costa.

Para 2020, o objetivo é fortalecer ainda mais a operação a partir de uma atuação maior em diversas cidades do estado. “Pretendemos chegar em cidades de interior que ainda não tivemos a oportunidade de ir. Queremos reduzir os acidentes nesse interior e humanizar cada vez mais para que as pessoas tenham a percepção dos riscos do trânsito”, explica.

Costa ressalta a importância da parceria com as Superintendências Municipais de Transporte e Trânsito (SMTTs). “Vamos fazer convênio com a entrega do etilômetro e treinando os agentes das SMTTs para que eles façam ações educativas e de fiscalização naquele município. A ideia é fazer mais com menos, e, com isso, reduzir cada vez mais os acidentes e preservar mais vidas em nosso estado”,

Artigos relacionados
ALAGOASCotidianoDestaquesNotíciasSertão

Mix Supermercado é inaugurado em Delmiro gerando emprego e renda

Empreendimento faz parte do Complexo Shopping da Vila que será concluído em julho com 500 novos postos de trabalho e…
ALAGOASDestaquesNotícias

Governo Federal alinha ações de investimento em turismo em Alagoas

Alagoas tem uma vocação para turística e isto é um fato que é facilmente constatado e para alinhar ações e…
ALAGOASNotícias

Crescimento do turismo fomenta novos empreendimentos “pé na areia” em Alagoas

Texto de Thiago Tarelli Mesmo em um ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, o turismo em Alagoas seguiu crescendo,…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :