Geral

FPM volta cair

 

A segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios ( FPM) teve uma queda de 2,72% em relação a mesma do ano passado. A primeira também teve queda, caracterizando uma situação atípica para o período. O valor total corresponde a R$ 1.220.210.392,58, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção do Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação

(Fundeb). Em valores brutos, que inclui o Fundeb, o repasse chega a R$ 1.525.262.990,73. Comparando o acumulado do mês o valor também apresentou queda, desta vez de 8,45%. Já o acumulado do ano, comparado ao mesmo período do ano anterior, o FPM também apresenta queda. Para o 2º decêndio, a base de cálculo corresponde aos dias 1º ao 10 do mês corrente. Esse decêndio geralmente é o menor do mês e representa em torno do 20% do valor esperado para o mês inteiro.

Orientações. O FPM, assim como a maioria das receitas do país, não apresenta distribuição uniforme. Entretanto os municípios tiveram uma injeção grande de recursos no mês de dezembro com 1% extra do FPM, mais os recursos da cessão onerosa, que foi depositada nas contas das prefeituras no último dia do ano de 2019, no valor total de R$ 11 bilhões.

 

Queda da produção leiteira

 

A falta de chuvas está levando aos pequenos produtores de leite do semiárido alagoano a vender seu rebanho. Sem ter como alimentar as vacas de leite, os produtores já venderam cerca de 10% do rebanho leiteiro, segundo a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA).

 

Bagaço de cana

 

No momento uma medida de urgência a ser tomada seria fornecer forragem para o gado dos pequenos produtores de leite. O bagaço de cana-de-açúcar é uma das reivindicações do setor, para evitar a venda do rebanho o êxodo desses trabalhadores rurais para os centros urbanos.

 

Arapiraca sem água

 

O centro urbano de Arapiraca está com 90% dos bairros sem água fornecida pelo sistema de abastecimento da Casal. Várias localidades estão sem o líquido há mais de 30 dias. Enquanto isso, os vazamentos estão por toda parte da cidade causando transtornos ao trânsito.

 

Arapiraca/animais silvestres

 

Animais silvestres continuam sendo negociado livremente na feira livre de Arapiraca. Esta semana várias pessoas denunciaram que um dos vendedores, é um velho conhecido da polícia e dos órgãos ambientais, mesmo assim continua comercializando pássaros silvestres livremente. O elemento já foi preso dezenas de vezes e libertado em seguida, para continuar cometendo o mesmo crime, que a princípio seria inafiançável.

 

Arapiraca/animais silvestres 2

 

Segunda-feira (20) populares denunciara que os vendedores mantinham dezenas de pássaros silvestre dentro de uma mesma gaiola, sem água ou alimento. Até filhotes de corujas estavam dentro de caixas de papel, além de papagaios. Um crime cometido todas as segundas-feiras em Arapiraca.

 

Arapiraca/animais silvestres 3

 

Os maus tratos também se ampliam, aos animais que a venda é permitida, como cães e gatos, geralmente filhotes, que ficam dentro de caixas de papelão sem água ou comida e sob o sol forte. Muitos morrem no local e são jogados como lixo. Uma maldade que o povo bom de Arapiraca precisa por fim, acabando com a feira de animais.

 

São Miguel dos Milagres

 

A Estação de Tratamento de Águas (ETA) de São Miguel dos Milagres está é péssimo estado de funcionamento, onde até os servidores encarregados pela limpeza estariam tomando banho dentro dos tanques de tratamento. A denúncia é do ex-prefeito Teo Pontes que em vídeo, que a barragem de abastecimento está cercada de casas e animais que usam a água.

 

São Miguel dos Milagres 2

 

Segundo ainda o ex-prefeito Teo Pontes, o Serviços de Águas e Esgoto (SAE) de Milagres arrecada cerca de R$ 200 mil por mês, mas água está faltando em todas torneiras. Os moradores do Alto da Boa Vista denunciaram que estão sem água há vários dias e que o SAE não dá satisfação ao povo.

 

 

 

 

 

 

Artigos relacionados
CotidianoGeral

Governo de Sergipe realiza audiência pública sobre concessão do Centro de Convenções

A Secretaria de Estado do Turismo de Sergipe (Setur) realizou audiência pública sobre o projeto de concessão onerosa do Centro…
CotidianoGeral

Reconstruir a AMA

A disputa pela presidência da Associação dos Municípios Alagoanos começou e merece todo aplauso porque é fruto da democracia e…
Geral

Embratur lança selo comemorativo aos 54 anos de existência na promoção internacional do Brasil

O presidente da Embratur Gilson Neto apresentou o selo comemorativa aos 54 anos da Instituição em cerimônia em Brasília com…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :