Notícias

Em Lisboa visite o hotel dedicado à mulher portuguesa

Um hotel que homenageia a mulher, assim é o Madalena Beautique Hotel, na rua Madalena, entre duas praças da Baixa lisboeta, a da Figueira e a do Comércio. O nome  é “irreverente, romântica e elegante”, sendo a nova inquilina da rua que lhe deu nome, na Baixa. É o universo feminino português. Estampados com motivos florais, sapatos de salto alto espalhados pelas várias zonas, malas, candelabros, peças de vestuário, a aposta nos tons dourados e nos mármores.

“Aproveitámos o nome da rua e do hotel para criar uma personagem, a Madalena. Uma mulher com passado, presente e futuro, que é irreverente, romântica, elegante. Tem tudo nela. Esta é a sua casa”, explica Nini Andrade Silva, responsável pela decoração e design de interiores do novo hotel do grupo The Beautique Hotels.

A própria ode à mulher faz-se logo na fachada do edifício, uma obra de arquitetura de Saraiva + Associados, revestida de azulejos rosados, num revivalismo da década de 1970 – e evocando a herança lisboeta de azulejaria. Os 38 quartos, continua as cores com flores em tons de laranja, bege, rosa, bordeaux e verde, com vista para a Rua da Madalena.

Os quatro pisos do hotel têm armários onde se guarda a roupa das camas, para ajudar a dar um ambiente mais caseiro. E ao longo vários espaços deste novo Madalena Beautique Hotel aliam-se peças mais antigas a outras mais modernas, um reflexo das várias personalidades desta personagem.

Um dos maiores armários do restaurante e bar, no piso térreo, o Madame, que foi recuperado de uma farmácia madeirense, também aqui um piscar de olho de Nini Andrade Silva às suas origens.

A cozinha é inspirada em várias latitudes com os pratos a serem finalizados já na sala de refeições. As guiozas de pato com vegetais e molho agridoce, a sopa de peixe tailandesa com camarão, malagueta e leite de coco, ou o camarão com edamame, abacate, amendoim caramelizado e maionese de wasabi denotam a influência asiática do Madame, que também dá um salto a Itália, com a sua burrata com tomate cereja e pesto crocante de pão.

 

cozinha portuguesa prova-se em propostas como o bacalhau com broa e grelos ou o porco preto com puré de maçã e vinho do porto. No centro do restaurante está uma das peças que mais rouba atenções no hotel: um conjunto de pernas de manequins suspensas numa claraboia, com sapatos de várias cores. “A Madalena é uma colecionadora de sapatos”, explica Nini Andrade Silva. Para o futuro, o objetivo é expor peças de autores portugueses, numa vénia ao mundo do calçado português.

 

Artigos relacionados
Notícias

Accor registra prejuízo de 2 bilhões de euros

A Accor definiu o programa de fidelidade ALL como um dos focos estratégicos do negócio para 2021. Ao anunciar os resultados…
DestaquesNotícias

Relatório da IATA preocupa aviação para 2021

Uma informação data pela IATA, que controla o sistema de aviação civil no mundo,  divulgada hoje nos Estados Unidos foi…
Notícias

Governo de São Paulo adota medidas restritivas

O crescimento do número de caso de covid em São Paulo, principalmente devido a saturação dos leitos de UTI, levou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :