ALAGOAS

Governo amplia ações de combate ao coronavírus no interior de AL

Embora Maceió concentre disparadamente o maior número de casos, com 645 pessoas infectadas, a propagação do novo coronavírus começa a atingir mais rapidamente o interior de Alagoas. O boletim epidemiológico publicado nesta terça-feira (28) registrou contaminação por Covid-19 em outras 32 cidades, num total de 121 testes positivos para a doença no interior até o momento.

O cenário só não é mais dramático porque o Governo de Alagoas se antecipou à pandemia. Os decretos com medidas de isolamento social e restrições para funcionamento de estabelecimentos comerciais combinados com investimentos na rede pública de saúde retardaram a disseminação do contágio. Desde então, a aplicação de recursos e as iniciativas de combate ao vírus não pararam. Agora, a atual gestão amplia os investimentos com atenção redobrada para municípios de todas as regiões.

“Nós temos atuado fortemente em todo o estado no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Estamos estruturando novos leitos no interior. Temos leitos em funcionamento em Coruripe, Arapiraca e São Miguel e estamos avançando também na estruturação de leitos clínicos e de UTI nos municípios de Santana do Ipanema e Penedo”, explica Alexandre Ayres, secretário de Estado da Saúde.

Atualmente, após o fortalecimento da rede estadual de saúde, os municípios alagoanos do interior totalizam 129 leitos – entre clínicos, intermediários e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – para tratamento exclusivo do novo coronavírus. “O objetivo é poder descentralizar a rede hospitalar e atender o cidadão mais próximo da sua residência”, esclarece o gestor.

Centrais de triagem

A testagem de pessoas é outra prioridade da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Por isso, mais 10 mil testes rápidos estão sendo enviados para todas as 102 cidades alagoanas. “A ideia é que a gente identifique rapidamente as pessoas contaminadas e determine o seu isolamento – seja ele domiciliar ou hospitalar – para evitarmos a circulação ou a ampliação da circulação do vírus”, aponta Alexandre Ayres. O montante se soma ao envio de outros 13 mil testes já encaminhados, num total de 23 mil testes.

Para acelerar a identificação do contágio em pessoas que apresentem sintomas gripais, o secretário anunciou na noite da última segunda-feira a construção de três centrais de triagem no interior – a exemplo da estrutura montada no Ginásio do Sesi, em Maceió –, em Santana do Ipanema, Porto Calvo e Arapiraca.

Outro ponto é a estruturação de barreiras sanitárias nas divisas do estado. Juntamente com a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), a Sesau instalou pontos para aferição de temperatura corporal em pessoas que circulam nas cidades que fazem divisa com os estados da Bahia, Sergipe e Pernambuco. Quando constatado sintoma de gripe com suspeita de Covid-19, o indivíduo é encaminhado à unidade de referência localizada na região.

Para quem reside no interior de Alagoas e deseja saber onde procurar assistência médica, basta acessar o hotsite www.alagoascontraocoronavirus.al.gov.br, lançado recentemente pelo Governo do Estado. Por lá, basta digitar o nome da cidade no sistema de busca, que informa onde procurar atendimento em hospitais, unidades básicas de saúde e postos médicos.

Artigos relacionados
ALAGOASDestaquesNotícias

Fluxo de passageiros: Alagoas alcança melhor mês do período pós-pandemia

O ano começou bem para o turismo alagoano. Prova disso é que o mês de janeiro registrou o maior fluxo…
ALAGOASNotícias

Alagoas Maior entrega placas de energia solar e certificados ao Apiário Zumbi

Visando impulsionar o empreendimento e fixar seu produto no mercado, o Alagoas Maior entregou ao Apiário Zumbi, em União dos…
ALAGOASNotícias

Bandeira Azul: Mutirão retira 1 tonelada de lixo das praias de Porto de Pedras

As praias da cidade de Porto de Pedras, entre elas a praia do Patacho, receberam mutirão de limpeza no último…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :