Geral

Municípios turísticos

Os destinos turísticos localizados no interior de Alagoas têm uma ligação de fluxo de turistas com Maceió. Os municípios de Maragogi, Marechal Deodoro (Praia do Francês), Barra de São Miguel, Penedo, Piaçabuçu e até Piranhas são os principais destinos turísticos para quem vem a Alagoas. Maceió é base de hospedagem já que mais 80% dos turistas fazem passeios a esses destinos turísticos, onde passam o dia, dinamizando a economia local nos restaurantes e bares, além e realizar compras nos centros de artesanatos. O anunciou de uma flexibilização tênue na terça-feira (30), pelo Governo do Estado e destinado apenas para Maceió, não se aplica aos municípios, inclusive os destinos turísticos.  Com isso as reservas previstas para os hotéis para próxima semana foram transferidas, para depois do dia 15 de julho, com a esperança de que abertura das atividades, depois dessa data, contemple bares, restaurantes e os passeios turísticos. Algumas operadoras que comunicaram a remarcação das reservas como a CVC e a Azul Viagens também.  Contudo será preciso também que os prefeitos dos municípios, que são destinos turísticos, permitam a abertura dos empreendimentos para receber os visitantes. Na próxima semana, o aumento da malha aérea está confirmado, mas com a chegada do público corporativo, que iniciam suas atividades de negócios. Com relação aos turistas somente a partir do dia 15.  

Maragogi

O segundo maior polo turístico de Alagoas, Maragogi deverá dar início gradual das atividades comerciais, mas sempre acompanhando o Governo do Estado. O prefeito Sérgio Lira, disse a nossa coluna que no dia 8 de julho deverá iniciar a flexibilização, com abertura do comércio local e algumas outras atividades. O prefeito disse ainda que está sintonizado com o governador Renan Filho.

Maragogi 2

Maragogi recebe um considerável fluxo turístico de Recife, o que faz com que a atividade esteja também alinhada com o funcionamento dos serviços do setor pernambucano. Pernambuco vive um momento de flexibilização de várias atividades comerciais e produtivas, entre elas o turismo. Os empresários de Maragogi contudo não estão podendo atender a essa demanda.

Maragogi 3

Os passeios às piscinas naturais e os mergulhos em Maragogi estão suspenso pelo Icmbio. Segundo informações colhidas junto à prefeitura, tão logo o município decrete a liberação das atividades turísticas; o Icmbio também procederá a permissão para os passeios. Entretanto com relação aos mergulhos, existem entrave a serem resolvidos com relação as novas normas de segurança editadas pelo Icmbio.

Arapiraca

A prefeitura de Arapiraca iniciou a contratação dos aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS), para preenchimento de 60 vagas na aérea da saúde. Os contratados trabalharão por seis meses, nas atividades de combate a pandemia do covid-19. O prefeito Rogério Teófilo dessa forma dinamiza mais ainda as ações de assistência à população, neste momento tão difícil de Arapiraca.

Penedo

O prefeito Marcius Beltrão anunciou ontem, em primeira mão para nossa coluna, que todos o pagamento de todos tributos municipais foi prorrogado por 90 dias, a partir da última terça-feira (30). A reivindicação foi realizada por vários empresários do comércio local que ainda estão com seus negócios fechados. O prefeito agora deverá anunciar o início da flexibilização das atividades comerciais.

Senador

No município de Senador Rui Palmeira, a eleição municipal poderá ter algumas surpresas este ano. A hegemonia política do Grupo da prefeita Geane Moura poderá ser quebrada este ano. O vereador Renilson Balbino, conhecido como “Padre”, vem incomodando a administração municipal. O problema é que “Padre” foi do grupo de sustentação política de Geane e durante esse tempo “ouviu muitas confissões”, que estão pra vir à tona.

Tapera

Em São José da Tapera a dupla Zé Antônio e Jarbas Ricardo, já batizada como “Zé Ricardo e Jarbas Antônio”, continua unida para permanecerem no comando da Prefeitura. A hegemonia já dura 20 anos no Poder, sem que haja mudanças. Este ano uma alternativa surge com o nome do atual vice-prefeito Doutor Pedro Soares, que se coloca como opção de mudanças.

 Piranhas

A proposta da prefeita Maristela Sena em jogar R$ 12 milhões no asfalto em Piranhas, não vigou. Os vereadores se reuniram ontem à tarde em sessão e decidiram rejeitar o projeto enviando pelo Executivo Municipal. Os recursos são oriundos de uma carta de crédito do Prodetur, destinado para investimento em obras para beneficiamento do turismo.

Piranhas 2

A prefeita Maristela Sena queria asfaltar bairros, que não são roteiros turístico e gastar o dinheiro em iluminação pública, que já tem recurso específicos para essa finalidade e que são cobrados mensalmente, através da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), que chega na conta de energia elétrica da Equatorial.

Artigos relacionados
CotidianoGeral

Barra de Sto Antônio homenageia São Sebastião

Toda comunidade católica da Barra de Santo Antônio está oração em homenagem a São Sebastião desde o dia 17, quando…
CotidianoGeral

Governo de Sergipe realiza audiência pública sobre concessão do Centro de Convenções

A Secretaria de Estado do Turismo de Sergipe (Setur) realizou audiência pública sobre o projeto de concessão onerosa do Centro…
CotidianoGeral

Reconstruir a AMA

A disputa pela presidência da Associação dos Municípios Alagoanos começou e merece todo aplauso porque é fruto da democracia e…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :