ALAGOAS

Hospital da Mulher implanta Visita Guiada a pacientes com Covid-19

Texto de Marcel Vital

Com a finalidade de trazer mais segurança e conforto para os familiares dos pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com Covid-19, o Hospital da Mulher Drª. Nise da Silveira (HM), localizado no bairro Poço, em Maceió, implantou a Visita Guiada. O projeto foi elaborado pela equipe multidisciplinar da unidade e aprovado pela Gerência Médica.


De acordo com Marta Antônia, supervisora Assistencial do HM, a iniciativa visa oportunizar um momento especial, frente a frente, entre visitante e paciente. Para que um familiar seja convidado a participar do Visita Guiada, é realizada, primeiramente, uma entrevista para saber se a pessoa tem ou não condições de ver o paciente no leito.

Ela destacou que alguns critérios são avaliados no que se refere à saúde do visitante, tal como: a faixa etária (não pode ser menor de idade nem ter mais de 60 anos); não apresentar comorbidades – a exemplo da diabetes e da hipertensão; não estar acometido pelos sintomas do novo coronavírus, dentre outros. Por dia, são selecionados dois familiares para realizar o Visita Guiada. O número é reduzido, pois atende todos os Protocolos de Segurança do HM.

Ainda segundo Marta Antônia, após ser feita toda a análise de saúde do visitante, é agendado o dia e o horário para que ele compareça ao hospital. Na ocasião, ele é acolhido pela equipe de psicologia e, posteriormente, pelas assistentes sociais, que o acompanham até a UTI. Contudo, antes de entrar no leito, o familiar recebe todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), os mesmos que estão sendo utilizados pelos profissionais de saúde desde o início da pandemia do novo coronavírus.

“Durante a Visita Guiada, além de o familiar ver o seu ente querido a certa distância, por questões sanitárias, ele ainda consegue conversar e tirar suas dúvidas com o médico e toda a equipe multidisciplinar que acompanha, dia após dia, a evolução do paciente”, explicou Marta Antônia, ao destacar que, antes de entrar no leito, o familiar recebe todas as informações necessárias sobre a paramentação e a desparamentação dos EPIs.

Para a supervisora Assistencial do HM, além de humanizar o serviço, o projeto tem conseguido trazer um conforto para as famílias, visto que, desde o enfrentamento à Covid-19, o afastamento de pacientes e seus familiares deu-se, sobretudo, em virtude de questões sanitárias. “Essa é mais uma das propostas que o hospital está desenvolvendo no que tange à humanização. E, graças ao trabalho ético e responsável de toda a equipe, o projeto tem dado certo. Após a visita na UTI, o retorno dos familiares pra gente se resume à palavra ‘gratidão’. Temos conseguido, por meio desse serviço, reduzir a angústia e trazer mais conforto e segurança em relação ao tratamento dos pacientes que estão internados aqui”, frisou.

Tablets e smartphones – Além do Visita Guiada, o HM também conta com o serviço Visita Virtual, onde os pacientes recebem o carinho e o apoio de seus familiares através de ligações de vídeo e áudio. As ligações por vídeo são destinadas aos pacientes conscientes, internados nos leitos clínicos e na UTI Pediátrica. Já para os pacientes inconscientes, a equipe solicita áudios da família, via aplicativo de mensagens, para que os mesmos sejam transmitidos.

SECOM/GOVERNO DO ESTADO

Artigos relacionados
ALAGOASCotidianoDestaquesNotíciasSertão

Mix Supermercado é inaugurado em Delmiro gerando emprego e renda

Empreendimento faz parte do Complexo Shopping da Vila que será concluído em julho com 500 novos postos de trabalho e…
ALAGOASDestaquesNotícias

Governo Federal alinha ações de investimento em turismo em Alagoas

Alagoas tem uma vocação para turística e isto é um fato que é facilmente constatado e para alinhar ações e…
ALAGOASNotícias

Crescimento do turismo fomenta novos empreendimentos “pé na areia” em Alagoas

Texto de Thiago Tarelli Mesmo em um ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, o turismo em Alagoas seguiu crescendo,…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :