ALAGOAS

Secretaria faz ordenamento em feira do Graciliano Ramos

Ação foi realizada durante o fim de semana para melhorar acessibilidade

Na última sexta-feira, no sábado e no domingo (19), a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) fez o ordenamento na Feira do Conjunto Graciliano Ramos, localizado na Via Expressa da capital. O objetivo era coibir obstruções do passeio e da via pública com equipamentos dos feirantes e evitar os transtornos para a comunidade local, pois a locomoção e o acesso a suas residências estavam em risco nos dias de funcionamento da feira.

Fiscalização e Guarda Municipal atuaram juntas organizando, provisoriamente, os feirantes em parte da Travessa e da Avenida Tancredo Neves. Dessa forma, ficaram livres a Avenida E e suas interseções com as seguintes ruas: Rua 17 com Rua Pedro Nepomuceno da Silva; Rua 18 com Rua 22; Rua 19 com Rua 23 e Rua 20 com Rua 24.

Clientes e Feirantes aprovaram a organização. Fotos: Alberto Jorge | Ascom Semscs

“Sempre faço minha feira de frutas e verduras aqui e achava ruim porque não podia nem andar direito, já que passava carro e bicicleta. Está bem melhor tudo organizadinho”, aprova a aposentada Nilce Cardoso moradora do Graciliano há 13 anos.

“Eu estou amando essa organização, pois não é fácil ser feirante. Moro e trabalho aqui há nove anos e assim organizado fica melhor até pra vender”, acredita Gilbertina Félix.

“Assim está muito bom e fica melhor de trabalhar”, reforça a feirante Maria Geni da Silva, que mora há 22 anos no conjunto, onde criou os três filhos utilizando a renda obtida com a venda de produtos na feira, onde trabalha há 18 anos.

O secretário adjunto da Semscs, Dogival Ferreira, coordenou a ação e explica que nos dois finais de semana que antecederam o ordenamento, os técnicos da Secretaria fizeram vistorias para verificar como garantir a acessibilidade de quem reside no local e como distribuir melhor o espaço entre as bancas, de forma que os feirantes não perdessem a oportunidade de comercializar seus produtos.

“Conseguimos essas adequações. Em conversa com moradores, clientes e feirantes, percebemos que eles demonstraram alívio e tranquilidade em poder circular livremente pelo local, até pediram para ficar de forma permanente. Preparamos as equipes de fiscalização, que atuaram com apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar. A Secretaria de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes) também enviou pessoal para apoio. Aproveitamos as condições existentes no terreno e a própria estrutura do feirante. Resolvemos situações pontuais com diálogo e sem conflito”, destaca. 

Artigos relacionados
ALAGOAS

Sedetur e Procon abordam 22 veículos e 7 são flagrados irregulares em Maragogi

Cerca de 22 veículos, com capacidade total de aproximadamente 550 passageiros, foram abordados em ação de fiscalização de transportes turísticos…
ALAGOASNotícias

Secretário Rafael Brito reúne trade turístico para alinhamento de ações promocionais

Em 2020 o turismo em Alagoas alcançou a liderança do mercado nacional e esteve em evidência durante todo o ano…
ALAGOASDestaquesNotícias

Fluxo de passageiros: Alagoas alcança melhor mês do período pós-pandemia

O ano começou bem para o turismo alagoano. Prova disso é que o mês de janeiro registrou o maior fluxo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :