Destaques

Mineradora doa equipamentos para coleta seletiva de resíduos no Agreste

O aspecto sustentável é uma das marcas da Mineração Vale Verde (MVV). Por isso, a companhia está com mais uma parceria com as prefeituras de Arapiraca e Craíbas. Desta vez, o objetivo é garantir uma melhor coleta seletiva nos municípios no qual o Projeto Serrote está inserido.

No dia 2 deste mês de julho, no Centro Administrativo Antônio Rocha, em Arapiraca, foram entregues pela MVV oito Pontos de Entrega Voluntária (PEV) à Administração Pública Municipal. E nesta última quinta-feira (16), mais seis PEVs chegaram até a sede da Secretaria de Obras de Craíbas.

Arapiraca

Estiveram presentes no evento de entrega em Arapiraca o coordenador de Meio Ambiente da MVV, André Maia; o analista de Comunicação e Sustentabilidade da MVV, Danielson Cândido; o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), Várany Kelthony; a diretora de Educação Ambiental da Seduma, Rayne Fernandes; o presidente da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Mangabeiras (Ascaman), Sebastião Alencar; e a presidente da Associação dos Catadores de Arapiraca (Ascara), Maria do Socorro da Silva.

Para o secretário da Seduma, esse vínculo é muito importante. “Sobretudo agora, na pandemia, parcerias público-privadas como essas são de grande valia. Este, por exemplo, é um projeto maior, onde participam também a Unimed e o Governo do Estado, com a cessão de outros PEVs. Eles serão distribuídos pelos bairros que já fazem parte do nosso roteiro de coleta seletiva. Tenho certeza que os PEVs vão ajudar os catadores no circuito de limpeza, gerando, inclusive, renda para eles. Essa parceria com a MVV ajudará no desenvolvimento sustentável da nossa cidade, afinal, incentiva igualmente essa prática seletiva nas residências dos moradores e nas empresas da terra”, pontua Várany Kelthony.

Craíbas

De acordo com o prefeito Ediel Leite, dois dos seis PEVs cedidos para Craíbas irão diretamente para a comunidade rural Folha Miúda e os outros quatro para os bairros da cidade, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

O enfoque da ação sustentável é fomentar ainda mais essa cultura de logística e separação de resíduos sólidos – papel, vidro, metal e plástico. Nos PEVs, é expressamente proibido o descarte de produtos orgânicos, o que facilita o trabalho de todos.

Segundo André Maia, a empresa doou ao todo os 14 PEVs, visando melhorar a coleta seletiva e a limpeza nos pontos de maior circulação de ambas as cidades. “A ideia foi ceder às associações de catadores de cada município a responsabilidade por recolher os resíduos gerados e, com isso, aumentar a renda dos catadores por meio da coleta em locais limpos, seguros e que propiciam uma maior quantidade de resíduos em um local específico. Essa será uma das diversas parcerias da MVV com as duas prefeituras, aspirando a melhoria socioambiental de Arapiraca e Craíbas”, diz o coordenador de Meio Ambiente do MVV.

Seguindo essa mesma pauta sustentável, nesse último mês de junho, a MVV ganhou o Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica Brasileira 2020, concedido pela Revista Minérios & Minerales na categoria “Meio Ambiente e Comunicação”, com a substituição de sacolas plásticas por tubetes para a produção de mudas, causando menor impacto ambiental.

ASSESSORIA

Artigos relacionados
DestaquesNotícias

Bolsa de Turismo de Lisboa adiada para maio de 2021

Uma das maiores Feiras de negócios turísticos da Europa, a Bolsa de Turismos de LIsboa (BTL), foi adiada para maio…
DestaquesNotícias

Análise: CEO Airbnb faz diz que mercado de viagens jamais será o mesmo

O Airbnb teve um ano de 2020 tumultuado, indo desde o planejamento de um IPO no início do ano até a perda…
DestaquesNotícias

Pesquisa aponta volta das viagens de negócios nos Estados Unidos

A maioria dos viajantes a negócios espera voltar à estrada em meados de 2021, de acordo com uma pesquisa realizada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :