Notícias

Em 20 dias dobra número de estabelecimentos com selo do turismo responsável

Alagoas segue se consolidando como um destino turístico seguro para o cenário pós-pandemia. Prova disso é que o Estado conta agora com 423 estabelecimentos com o selo do turismo responsável do Ministério do Turismo. Há 20 dias, na primeira divulgação de dados deste tipo pelo governo federal, eram cerca de 200 estabelecimentos certificados.

A certificação é concedida aos empreendimentos que seguem os protocolos para prevenção da covid-19 estabelecidos pelo Governo Federal. Os municípios com maior número de estabelecimentos já certificados são Maceió (202), Maragogi (51), Piranhas (37), São Miguel dos Milagres (22) e Marechal Deodoro (20).

Os segmentos com maior número de empreendimentos reconhecidos são meios de hospedagens (178), agências de turismo (101), bares, restaurantes, café e similares (53), transportadores turísticos (33) e prestador de serviço especializado (22).

Em todo o país, mais de 3 mil estabelecimentos já foram certificados. Alagoas é o 5º Estado com o maior números de estabelecimentos no Brasil. Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, esta evolução mostra que os empreendedores do turismo alagoano estão aptos a prestar um serviço seguro e de qualidade aos turistas na retomada da atividade.

“Foram mais de duzentas solicitações do Selo em vinte dias, totalmente mais de 400 empreendimentos em todas as áreas de Alagoas. Isso é prova do empenho do empreendedor do turismo alagoano e na confiança deste na retomada do setor promovida através das ações do governo. Estamos vencendo as dificuldades impostas pela pandemia, atendendo empresários e interessados no selo via telefone e WhatsApp, tirando dúvidas e esclarecendo e tirando dúvidas, conscientizando da importância desta certificação concedida através do Cadastur”, pontuou Rafael Brito.

Cadastur e o Selo

Para solicitar o selo, o interessado deve acessar o site turismo.gov.br/seloresponsavel, ler as orientações previstas no protocolo destinado ao segmento em que atua e estar com situação regular no Cadastur, indispensável para a aquisição da certificação. Caso não tenha o Cadastro, basta procurar a Sedetur através do telefone ou WhatsApp (82) 98833-4344 e regularizar a situação cadastral.

Com o Cadastur regularizado, o interessado faz uma autodeclaração que atende aos pré-requisitos determinados e é encaminhado para uma área do site onde pode realizar o download do selo para impressão. Todos os protocolos a ser seguidos pelos empreendimentos estão disponíveis também no portal.

O selo, que é totalmente gratuito, deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente e conterá um QR Code pelo qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Além disso, possibilitará a realização de denúncias em caso de descumprimento, o que poderá resultar em revogação do selo.

Artigos relacionados
Notícias

Accor registra prejuízo de 2 bilhões de euros

A Accor definiu o programa de fidelidade ALL como um dos focos estratégicos do negócio para 2021. Ao anunciar os resultados…
DestaquesNotícias

Relatório da IATA preocupa aviação para 2021

Uma informação data pela IATA, que controla o sistema de aviação civil no mundo,  divulgada hoje nos Estados Unidos foi…
Notícias

Governo de São Paulo adota medidas restritivas

O crescimento do número de caso de covid em São Paulo, principalmente devido a saturação dos leitos de UTI, levou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :