Notícias

Presidente do Maceió Convention fala sobre funcionamento do aeroporto e aumento de voos

O presidente do Maceió Convention Glênio Cedrin, mais uma vez concede entrevista, colocando sua análise precisa e com dados coletados e processados inteligentemente por ele, que hoje é um dos executivos do turismo alagoano mais bem informados sobre o cenário em que vivemos.

Desta vez a entrevista tem como ponto de partida o funcionamento do aeroporto internacional Zumbi dos Palmares,  administrado pela concessionária Aena e que foi pauta durante toda semana devido a fechamento do acesso, em determinados horários, ao público. O fato tem gerando constrangimentos aos passageiros que ficam na calçada, aguardando a abertura das portas, assim como as lojas e lanchonetes do Terminal ficam de portas cerradas, seguindo os horários determinados pela administração.

Para o presidente do Maceió Convention essas determinações administrativas são consequência do pouco número de voos, devido a pandemia do covid-19, mas que segundo ele, deve se reverter até o final deste mês com o aumento  da oferta de voos até dezembro “com aumento de 80% da oferta de dezembro 19 e de outubro 50%e novembro esperamos entre 60 e 70% desta forma teremos uma malha aérea razoável para o verão somada com as operações de voos charters das operadoras e extras das aéreas”, disse ele.

Glênio Cedrin disse que são medidas de contenção de despesas necessárias, mas que necessitam do emprego também do bom senso, permitindo o acesso dos passageiros e também as pessoas que vão ao Terminal buscar familiares, ou receber amigos que estão chegando. “Basta colocar alguns cones sinalizando os espaços permitidos para circulação, mas fechar todo terminal não é necessário”, sugestiona ele.

Segundo o presidente do Maceió Convention, o momento é difícil para concessionária Aena. “Estamos juntos para enfrentar os problemas e torcemos para que tudo se resolva da melhor forma possível”, declarou ele, que vê nos próximos meses um cenário otimista com o aumento considerável do número de voos.

Cancelamentos de voos

Glênio Cedrin comentou ainda os cancelamentos de voos de e para Maceió. Segundo ele essa situação, na sua maioria foi criada com novos voos que foram vendidos antes da pandemia, quando a malha aérea estava funcionando normalmente. Mesmo assim ele lamentou que as companhias áreas estejam com dificuldades de comunicar, com antecedências, aos passageiros.

Nosso blog, por exemplo, tem recebido denuncias das companhias aéreas GOL e Azul, que comunicam aos passageiros somente poucas horas antes do embarque, ou até mesmo no chek in. Em outros casos, as companhias aéreas oferecem voos para outros destinos, o que é pior ainda para o turismo em Alagoas.

Segundo Glênio Cedrin, o que estaria havendo e que as companhias aéreas colocam voos à venda, mas não conseguindo preencher o número suficiente para custeá-los fato que gera o cancelamento. Contudo, os voos que estão nos slots (horários de partidas e chegadas agendados), semanais devem ser cumpridos, mesmo sem o número suficiente de passageiros. Atualmente são apenas seis esses voos por dia.

Aeroporto de portas fechadas

Relembrar

A concessionária Aena em nota enviada informava que o horário de acesso do público era controlado por questões segurança dos caixas eletrônicos, mas que o acesso era dado assim mesmo a pessoas que apresentam o bilhete aéreo.

NOTA DA AENA-

Prezado Mozart,

A Aena Brasil esclarece que, em virtude da pandemia do novo coronavírus, desde meados de março o horário de funcionamento do Aeroporto Internacional de Maceió – Zumbi dos Palmares é definido em função dos voos operados pelas companhias aéreas no local. Com isso, é possível evitar a exposição desnecessária dos funcionários da companhia ao risco de contágio pelo covid-19.

Esse tipo de procedimento, inclusive, vem sendo adotado em vários aeroportos do mundo, já que a função dos terminais aéreos é oferecer a infraestrutura necessária para a realização desses voos.

Atualmente o Aeroporto de Maceió funciona todos os dias das 10h30 (cerca de 3 horas antes do primeiro voo) e fecha às 18h. O terminal volta a abrir às 22h para o desembarque de passageiros e permanece em funcionamento até as 6h.

Mesmo assim, caso um passageiro chegue fora desses horários, é possível entrar no terminal para aguardar próximo à área do check-in mediante a apresentação do bilhete aéreo para comprovar a viagem.

A Aena Brasil destaca, ainda, que desde o início da pandemia os horários estão sinalizados nas portas do terminal.

Além disso, a restrição do funcionamento em horários que não há voos visa também garantir a segurança do terminal, dos funcionários e passageiros, já que há equipamentos como caixas eletrônicos dentro do local.

A Aena Brasil também informa que já entrou em contato sobre o assunto com o Governo do Estado de Alagoas e com a Secretaria de Turismo do Estado, que estão cientes do procedimento.

Ficamos à disposição.

Att,

Luiza Freitas | MassMedia Nordeste

VEJA VÍDEO DOS PASSAGEIROS AGUARDANDO NA CALÇADA DO AEROPORTO

Artigos relacionados
DestaquesNotícias

AMADEUS tem prejuízo de US$ 1,6 bi

O impacto da pandemia de covid-19 no sector das viagens e turismo é evidenciado pelo Amadeus, uma das companhias mais…
DestaquesNotícias

Amadeus faz parceria com Microsof para inovar em tecnologia no turismo

O Amadeus assinou um acordo com a Microsoft para usar a sua “tecnologia de cloud para inovar e explorar novos…
DestaquesNotícias

Europa vai exigir atestado de vacinação para quem viajar ao Continente

O primeiro-ministro, António Costa, explicou, no final da reunião de líderes europeus desta sexta-feira, que a Comissão Europeia está a…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :