ALAGOAS

TAP GARANTE TER ESTRUTURAS “COESAS E ALINHADAS” PARA RECUPERAR

“Contamos com um Conselho de Administração, uma comissão executiva e uma equipa de gestão coesas e alinhadas”, garantiram Miguel Frasquilho e Ramiro Sequeira, respectivamente chairman e CEO da TAP, numa mensagem aos trabalhadores da companhia aérea.

As estruturas da TAP estão alinhadas para “consolidar uma relação responsável e de confiança com todas as partes interessadas”, continua a mensagem, referindo-se a “colaboradores, associações sindicais e parceiros sociais, ecossistema de fornecedores e parceiros de negócio, acionistas e os clientes que escolhem viajar com a TAP todos os dias”.

Miguel Frasquilho e Ramiro Sequeira admitem estar “conscientes das dificuldades vividas pelo setor da aviação, a nível mundial” e indicam estar a par das reestruturações de outras companhias aéreas.

As previsões da IATA apontam no cenário mais pessimista para o próximo ano “uma atividade inferior até 60% face à do ano de 2019, o que permite antever uma retoma lenta e ter a clara noção de que, também a TAP, terá de fazer o caminho da reestruturação para garantir a sua sobrevivência”.

Os próximos tempos não serão fáceis, continua a mensagem, apelando ao trabalho “em conjunto e unidos, com sentido de urgência, responsabilidade, assertividade e diálogo”, para ultrapassar as dificuldades e assegurar “o futuro sustentável da nossa TAP, continuando a ser um motor de crescimento e de desenvolvimento de Portugal”.

Miguel Frasquilho e Ramiro Sequeira reconhecem na mensagem a “vontade inequívoca do Estado português em auxiliar a TAP, absolutamente crítica para ultrapassar este desafio” e apelam ao contributo dos trabalhadores para se focarem no trabalho em equipa, na atenção ao cliente, na produtividade e na elevada disciplina financeira, promovendo a redução de custos, estruturais e do dia a dia.

“Unidos e focados na missão de assegurar a retoma operacional de modo seguro e sustentável, bem como viabilizar o plano de reestruturação da TAP, com uma nova estrutura acionista e de gestão, é o nosso ponto de partida para ultrapassar, provavelmente, o maior desafio que já se colocou à TAP nos seus 75 anos de história e a toda a indústria da aviação civil, se não mesmo à Humanidade, nesta nova era”, frisaram.

O novo CEO da TAP, Ramiro Sequeira, inicia funções hoje, substituindo Antonoaldo Neves no cargo que ocupava desde 2018 (clique para ler: Antonoaldo Neves despede-se da TAP com poema de Ricardo Reis).

Antonoaldo Neves deixou a TAP na sequência do acordo entre o Governo e os accionistas privados para a reorganização do quadro societário da TAP – com a saída de David Neeleman – e será temporariamente substituído por Ramiro Sequeira.

Em 2 de Julho, quando anunciou o acordo com os accionistas privados para o Estado ficar com 72,5% do capital – e a saída de David Neeleman –, Pedro Nuno Santos tinha dito que Antonoaldo Neves seria substituído “de imediato”.

O Estado português detém agora uma participação social de 72,5%, o empresário Humberto Pedrosa 22,5% e os trabalhadores os restantes 5% do grupo.

(PressTUR com Agência Lusa)

Artigos relacionados
ALAGOASDestaquesNotícias

Fluxo de passageiros: Alagoas alcança melhor mês do período pós-pandemia

O ano começou bem para o turismo alagoano. Prova disso é que o mês de janeiro registrou o maior fluxo…
ALAGOASNotícias

Alagoas Maior entrega placas de energia solar e certificados ao Apiário Zumbi

Visando impulsionar o empreendimento e fixar seu produto no mercado, o Alagoas Maior entregou ao Apiário Zumbi, em União dos…
ALAGOASNotícias

Bandeira Azul: Mutirão retira 1 tonelada de lixo das praias de Porto de Pedras

As praias da cidade de Porto de Pedras, entre elas a praia do Patacho, receberam mutirão de limpeza no último…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :