ALAGOAS

Aplicativo é exigência para o turismo em Fernando de Noronha

O paraíso da Ilha de Fernando Noronha estará aberto para os turistas a partir do dia 10 de outubro, exigindo para isso o exame RT-PCR negativo e fazer uso do aplicativo Dycovid, que utiliza Bluetooth e GPS para identificar contatos de risco entre os usuários, em decisão do Governo de Pernambuco.

O aplicativo Dycovid consegue dar o histórico de até 14 dias antes do resultado do teste do infectado pela Covid-19 dar positivo, assim, as pessoas que tiveram nas imediações do contaminado recebem uma notificação de risco, que é classificada de acordo com a proximidade e tempo de exposição. Ao todo, o app conta com três graus de rotulação, sendo o mais alto para pessoas que estiveram um maior período mais próximas ao contaminado.

O Dycovid conta com um “contact tracing” com capacidade de utilizar o Bluetooth e GPS para ajudar no distanciamento. Assim, a população consegue acessar mapas de risco e, periodicamente, receber notificações caso tenham sido expostos e tenham chances de contaminação. Além de locais, o contact tracing analisa também a aproximação entre os usuários e consegue avisar caso pessoas que tiverem contato entre si testem positivo ou relatem sintomas da doença.

Artigos relacionados
ALAGOASDestaquesNotícias

Fluxo de passageiros: Alagoas alcança melhor mês do período pós-pandemia

O ano começou bem para o turismo alagoano. Prova disso é que o mês de janeiro registrou o maior fluxo…
ALAGOASNotícias

Alagoas Maior entrega placas de energia solar e certificados ao Apiário Zumbi

Visando impulsionar o empreendimento e fixar seu produto no mercado, o Alagoas Maior entregou ao Apiário Zumbi, em União dos…
ALAGOASNotícias

Bandeira Azul: Mutirão retira 1 tonelada de lixo das praias de Porto de Pedras

As praias da cidade de Porto de Pedras, entre elas a praia do Patacho, receberam mutirão de limpeza no último…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :