DestaquesNotícias

Arapiraca está a beira do colapso no atendimento de saúde devido a demissões

O presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, Thiago do ML, disse que o quadro da pandemia em Arapiraca é preocupante diante do crescimento assustador do número de casos. Segundo dados da Sesau, o aumento foi de 22,40% nos primeiros dias de janeiro. Para se ter uma ideia do avanço da doença em Arapiraca, até o dia 14 de janeiro de 2021 foram registrados 205 casos de covid, ao passo que em dezembro de 2020, foram 175 casos em 30 dias.

O Hospital Nossa Senhora do Bom do Conselho, conhecido como Regional de Arapiraca, está com 100% dos leitos das UTIs ocupadas e a Unidade de Emergência do Agreste com mais de 85%, o que se caracteriza o pré-colapso.

Segundo ele as demissões realizadas no quadro do pessoal da saúde no final do ano passado, por força da lei, e a não contratação por parte do atual prefeito Luciano Barbosa, deixou a população sem atendimento médico em vários postos de saúde no município, provocando a insatisfação da população que está também cobrando dos vereadores um posicionamento na garantia de um serviço essencial como é a saúde.

Segundo ele, até o Ministério Público Estadual, já inquiriu o prefeito solicitando providencias para que o atendimento médico seja restabelecido na sua normalidade. Thiago ML relatou que até agentes de saúde foram demitidos, provocando a interrupção de acompanhamento de pacientes. O presidente disse ainda que a Câmara está realizando um estudo sobre a situação e a partir dai encaminhar para o Poder Executivo, um plano de ação com sugestões começando pelo controle de pessoas a Arapiraca. Ele defende a volta das barreiras sanitárias urgentemente e normas mais rigorosas para as feiras livres, principalmente a de segunda-feira, que é a principal.

Câmara

O presidente da Câmara de Arapiraca, Thiago ML disse que está implantando normas de segurança para realização das sessões presenciais, como verificação de temperatura em todos que vão participar, desde vereadores a população e servidores, além é claro do uso obrigatório de máscara e álcool para higiene nas mãos.

O presidente da Casa,Thiago ML, disse ainda que está bastante preocupado com o agravamento do cenário da pandemia na capital alagoana do Agreste e disse que poderá também realizar as sessões de forma virtual. Segundo ele é preciso que os profissionais de saúde voltem ao trabalho e espera o bom senso do prefeito.

Artigos relacionados
ALAGOASDestaques

"Temos que equilibrar a preservação da vida e dos empregos para nosso povo”, afirma secretário

Em mais um fórum de alinhamento das ações de combate à Covid-19 no estado, o secretário de Desenvolvimento Econômico e…
ExperiênciasNotícias

Expedia Group e Booking Holdings reduziram o marketing em US $ 6 bilhões em 2020 (mas o Airbnb agora faz uma entrada)

Por Kevin May | 2 de março de 2021 A força de marketing combinada do Expedia Group e Booking Holdings caiu para seu nível mais baixo em…
DestaquesNotícias

Futuro: veja a tendência da nova configuração para poltronas nos aviões

Uma startup sediada em San Francisco está competindo para revolucionar as cabines econômicas premium e widebody. Zephyr, a visão do…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :