DestaquesNotícias

Pesquisa aponta volta das viagens de negócios nos Estados Unidos

A maioria dos viajantes a negócios espera voltar à estrada em meados de 2021, de acordo com uma pesquisa realizada pela BCD Travel .

Mike Eggleton, diretor de pesquisa e inteligência da BCD, disse que mais de 60% dos viajantes de negócios entrevistados esperavam viajar regularmente em meados de 2021. Até o final do ano, esse número pode estar acima de 90%.

Eggleton discutiu os resultados da pesquisa na quarta-feira em um webinar sobre o retorno das viagens de negócios. A pesquisa foi realizada de 30 de novembro a 6 de dezembro e obteve 708 respostas.

Enquanto 13% dos entrevistados disseram que já estão viajando regularmente a negócios, Eggleton disse que o maior retorno das viagens de negócios depende muito da redução dos bloqueios e restrições de viagens. Muitos países estão empregando métricas Covid-19 (como números de casos no país de origem) para determinar quando as fronteiras serão reabertas e quem pode cruzá-las. Com isso em mente, disse Eggleton, as fronteiras não serão reabertas de maneira uniforme.

Os viajantes a negócios estão em grande parte buscando uma vacina contra o coronavírus para dar-lhes confiança para pegar a estrada novamente, descobriu a pesquisa da BCD. Eles também estão procurando tratamentos e testes de Covid-19 aprimorados para dar-lhes mais confiança.

Dos entrevistados, 74% disseram que provavelmente ou definitivamente serão vacinados, 16% estavam indecisos e 10% disseram que provavelmente ou definitivamente não seriam vacinados.

Os países ou fornecedores podem exigir que os viajantes forneçam prova da vacinação, disse Eggleton, mas pelo menos no futuro próximo, os regimes de teste e quarentena provavelmente permanecerão em vigor. As vacinas são importantes, mas não uma solução imediata, disse ele.

Nesse ínterim, os aplicativos de rastreamento também cresceram em popularidade, de acordo com Eggleton. Os países estão exigindo que os viajantes baixem aplicativos de monitoramento para seus telefones. Hong Kong é provavelmente o caso mais extremo. Lá, os viajantes precisam usar pulseiras de monitoramento e não podem deixar seus quartos de hotel por 21 dias. Se o fizerem, enfrentam multas pesadas e até prisão.

Os viajantes da BCD se sentiram muito positivos em relação aos aplicativos de rastreamento. Quarenta e oito por cento se sentiram positivamente sobre a tecnologia, enquanto 35% estavam indecisos. Outros 17% expressaram um sentimento negativo, provavelmente causado pelos problemas de privacidade que os rastreadores levantam, disse Eggleton.

A maioria, 65%, se sentiu positiva sobre o teste de Covid-19 antes da partida. A maioria dos demais entrevistados disse que não teve impacto sobre eles.

Jorge Mesa, diretor de gestão de crise global da BCD, destacou uma tecnologia que se tornará cada vez mais importante no futuro: passaportes de saúde digitais. 

Os passaportes podem armazenar informações de teste e vacinação, e a BCD acredita que eles serão cada vez mais usados ​​com o passar do tempo. Existem várias iniciativas desse tipo em andamento hoje, incluindo o CommonPass  e o Digital Health Pass da IBM . 

Mesa acredita que alguns emergirão como os passaportes mais usados, e diferentes países aceitarão passaportes diferentes. Ele comparou a forma como os restaurantes aceitam os principais cartões de crédito.

Artigos relacionados
DestaquesNotícias

Europa vai exigir atestado de vacinação para quem viajar ao Continente

O primeiro-ministro, António Costa, explicou, no final da reunião de líderes europeus desta sexta-feira, que a Comissão Europeia está a…
Destaques

Portugal se prepa para eventos presenciais do turismo

Portugal se prepara dar inicio aos eventos de turismo presenciais como a Bolsa de Turismo de LIsboa (BTL), pelo menos…
DestaquesNotícias

Cresce busca por alugar carros e contratar serviços com pequenos grupos

A pandemia de covid-19 trouxe uma nova realidade para quem viaja, buscando se proteger de locais com aglomeração e fechados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :