DestaquesNotícias

CVC vende títulos para pagar dívida com Citibank

A maior operadora de turismo da América Latina a CVC Corp iniciou hoje a emissão de debêntures não conversíveis em ações da companhia, que somam R$ 436,4 milhões, com o intuito de pagar as dívidas com o Citibank.

Para operação financeira a CVC  está emitindo 436.405 debêntures com o valor nominal unitário de R$ 1 mil, e o valor destas emissões será igual ao saldo da dívida atual com o banco.

Em nota ao mercado a empresa informar que será admitida a distribuição parcial das debêntures com a colocação mínima de 350 mil, no valor total de R$ 350 milhões. O vencimento dos papéis é em 1º de junho de 2023.

Leia o comunicado a investidores:

COMUNICADO AO MERCADO
A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (“CVC” ou “Companhia”), sociedade por ações registrada na Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) como companhia aberta categoria

 “A”, sob o código 02331-0, com suas ações negociadas em bolsa de valores sob o código CVCB3, vem, informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em 21 de janeiro de 2021, foi aprovada, em reunião do Conselho de Administração da Companhia, a 5ª (quinta) emissão de debêntures, não conversíveis em ações, em série única, da espécie quirografária, da Companhia (“Emissão” e “Debêntures”, respectivamente), que será objeto de distribuição pública com esforços restritos de distribuição, nos termos da Instrução da CVM nº 476, de 16 de janeiro de 2009, conforme alterada (“Oferta”).

Os recursos captados serão integralmente utilizados para o pagamento antecipado do passivo financeiro da Emissora decorrente de instrumentos celebrados entre a Emissora, na qualidade de devedora, Citibank N.A., na qualidade de credor, e Banco Citibank S.A., na qualidade de interveniente anuente. Em setembro de 2020, o valor dos instrumentos celebrados era de R$ 481.306.321,84.

Serão emitidas 436.405 (quatrocentas e trinta e seis mil, quatrocentas e cinco) Debêntures, com valor nominal unitário de R$1.000,00 (mil reais), totalizando o montante de R$ 436.405.000,00 (quatrocentos e trinta e seis milhões, quatrocentos e cinco mil reais) na data de emissão, valor igual ao saldo de principal atual das dívidas com o Citibank.

Será admitida a distribuição parcial das Debêntures, desde que haja colocação de uma quantidade mínima de 350.000 (trezentas e cinquenta mil) Debêntures, no valor total de R$350.000.000,00 (trezentos e cinquenta milhões de reais), sendo que as Debêntures que não forem colocadas no âmbito da Oferta serão canceladas pela Companhia.

As Debêntures terão vencimento em 01 de junho de 2023, ressalvadas as hipóteses previstas na Escritura de Emissão, com juros remuneratórios equivalentes a 100,00% (cem por cento) da variação acumulada das taxas médias diárias dos DI, over extra grupo, base 252 (duzentos e cinquenta e dois) Dias Úteis, acrescida de sobretaxa equivalente a (i) 3,75% (três inteiros setenta e cinco centésimos por cento) ao ano, base 252 (duzentos e cinquenta e dois) Dias Úteis, no período compreendido entre a primeira Data de Integralização (inclusive) e 01 de outubro de 2021 (exclusive); e (ii) 5,75% (cinco inteiros e setenta e cinco centésimos por cento) ao ano, base 252 (duzentos e cinquenta e dois) Dias Úteis, no período compreendido entre 01 de outubro de 2021 (inclusive) e a Data de Vencimento (exclusive).

As demais condições da Emissão e das Debêntures estão divulgadas na ata da Reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada nesta data, que se encontra arquivada na sede da Companhia e nos sites da CVM (http://www.cvm.gov.br) e da Companhia (http://ri.cvc.com.br/).

Artigos relacionados
Notícias

Accor registra prejuízo de 2 bilhões de euros

A Accor definiu o programa de fidelidade ALL como um dos focos estratégicos do negócio para 2021. Ao anunciar os resultados…
DestaquesNotícias

Relatório da IATA preocupa aviação para 2021

Uma informação data pela IATA, que controla o sistema de aviação civil no mundo,  divulgada hoje nos Estados Unidos foi…
Notícias

Governo de São Paulo adota medidas restritivas

O crescimento do número de caso de covid em São Paulo, principalmente devido a saturação dos leitos de UTI, levou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :