ALAGOASNotícias

Bandeira Azul: Mutirão retira 1 tonelada de lixo das praias de Porto de Pedras

As praias da cidade de Porto de Pedras, entre elas a praia do Patacho, receberam mutirão de limpeza no último sábado (06), retirando cerca de 1 tonelada de lixo das areias. A ação é integrante do projeto piloto do Bandeira Azul, certificação internacional que garante qualidade mundial e sustentável aos espaços públicos e funciona como diferencial e atrativo turístico.

Na fase piloto do projeto Bandeira Azul, a praia do Patacho foi sede das ações finais do mutirão, incluindo premiação aos participantes. Em parceria, o governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) e a Prefeitura Municipal de Porto de Pedras, planejam uma série de ações para finalização da certificação internacional na cidade.

O mutirão contou também com a participação da comunidade, de clubes de serviço, de igrejas e de Organizações Não-Governamentais (ONG ‘s). Todo o lixo foi coletado da foz do rio Manguaba, no bairro Salinas, no limite com o município de Japaratinga, até a foz do rio Tatuamunha, que divide as cidades de Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres.

À frente da Sedetur, o secretário Rafael Brito explica que as ações de preservação ambiental e promoção do turismo sustentável serão contínuas na praia do Patacho e irão se estender a outros locais do Estado.

“O turismo sustentável em Alagoas já é uma realidade consolidada e é um dos nossos diferenciais no mercado nacional e internacional. Seguimos com as ações do Bandeira Azul e, neste ano, iremos buscar essa certificação também a outras praias do Estado, incluindo o litoral Sul neste projeto. Isso fará com que o turismo e o meio ambiente sigam caminhando lado a lado e fomentando ainda mais a atividade turística, que gera emprego, renda e oportunidades, de forma segura e responsável”, enfatiza Rafael Brito.

Sobre a certificação

Com critérios rígidos, o programa Bandeira Azul estabelece que praias com sua certificação devem ter atividades de educação ambiental a moradores e turistas, informações sobre a qualidade da água disponíveis aos usuários, além de dados dos ecossistemas locais e fenômenos naturais, incluindo código de conduta que reflita as leis e normas relativas ao uso da praia. Nesta fase piloto, que durará até novembro deste ano, será feito um acompanhamento semanal na praia do Patacho quanto aos critérios exigidos pelo programa, com recolhimento de amostras da água com regularidade para conferência de sua qualidade.

A certificação do Bandeira Azul promove o desenvolvimento sustentável em áreas de água doce e marinhas. O programa estimula as autoridades locais e os gestores de praia a alcançarem altos padrões de qualidade em quatro temas: qualidade da água, gestão ambiental, educação ambiental e segurança. Ao longo dos anos, o programa tornou- se um rótulo ecológico altamente respeitado e reconhecido, trabalhando para reunir os setores de turismo e meio ambiente em níveis local, regional e internacional.

Artigos relacionados
DestaquesNotícias

Hotéis criam "restaurante" em apartamentos para refeições de hospedes

Nos Estados Unidos alguns hotéis estão criando “restaurante” individuais para atender hospedes que não desejam estar nos locais de alimentação…
DestaquesNotícias

Secretário Rafael Brito reúne representantes de entidades para fortalecimento do turismo regional

Visando o fortalecimento do turismo regional, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, reuniu representantes das…
ALAGOAS

Política competitiva de atração de negócios garante a Alagoas reforço na cadeia da química e do plástico

 Em meio ao enfrentamento da crise econômica vivida por todo o país em virtude da pandemia da Covid-19, Alagoas tem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :