DestaquesExperiências

A volta dos trens como transporte coletivo e de turismo

O turismo através de ferrovias começa a ter uma chance no Brasil, buscando quebrar o pode da industrial automobilística que desmontou a maior rede de transporte da América Latina, que foi a Rede Ferroviária Nacional (REFFESA). O Brasil chegou a ser totalmente interligado, inclusive a região Amazônica, através de trilhos. Tudo começou no Brasil Império, um dos maiores governantes que esta pais já teve que foi o Imperador Pedro II.

O desmonte estradas de ferro começou na década de 60, por pressão da montadores multinacionais, Ford, Volkswagem e GM, que desejam lucrar com a venda de carros e dar fim aos trens como meio de transporte.

Contudo este ano surgiu uma luz no fim do túnel através do Ministério da Infraestrutura e da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres (SNTT), que iniciou o primeiro movimento no sentido da elaboração de uma política pública voltada para o transporte ferroviário de passageiros, a Secretaria Nacional de Transportes Terrestres (SNTT) do Ministério da Infraestrutura (MInfra), publicou, nesta sexta-feira (5), os resultados das reuniões participativas para o desenvolvimento da política para o transporte ferroviário de passageiros. O projeto foi elaborado em parceria com a Associação Nacional de Transportes sobre Trilhos (ANPTrilhos).

“Estamos trabalhando para garantir os melhores resultados das políticas públicas que possibilitem mais uma opção de transporte regular, confortável e seguro. Vamos fortalecer o poder da escolha dos usuários de serviço de transporte regional, interestadual e turístico. A operação ferroviária brasileira vai alancar a economia e gerar mais empregos”, afirmou o secretário da SNTT, Marcello Costa.

“O resultado das reuniões participativas, expresso nesse relatório, é o primeiro passo para a definição das diretrizes dessa tão importante política voltada ao desenvolvimento do setor ferroviário de passageiros no Brasil”, completou Roberta Marchesi, diretora Executiva da ANPTrilhos.

Os próximos passos para elaboração da política serão a estruturação dos resultados da consulta estruturada e o desenvolvimento de parceria para o Plano de Desenvolvimento do Transporte Ferroviário de Passageiros durante no primeiro semestre de 2021.

Artigos relacionados
DestaquesNotícias

Hotelaria: Pesquisa mostra que o Brasil é um excelente mercado para investimentos no turismo

O Brasil continua sendo um mercado para atividade turística bastante convidativo para investimentos na hotelaria e esta constatação foi realizada…
DestaquesNotícias

Governo da França manda suspender todos o voos da Air France para o Brasil

Todos os voos da Air France para o Brasil estão cancelados por ordem do primeiro-ministro da França, Jean Castex, que…
DestaquesNotícias

Penedo suspende vacinação porque volume nos frascos está abaixo do normal

Decom PMP Quem reside em Penedo e está agendado para receber a segunda dose da Coronavac nesta quarta-feira, 14, fique…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :