Cidades históricas

0

 

Alagoas possui cidades históricas que fazem parte do Patrimônio Nacional. Penedo, Marechal Deodoro e Piranhas fazem parte desse grupo e por isso necessitam estar presentes em todos fóruns de discussão sobre Desenvolvimento Turístico, Preservação e Valorização da Cultura. O tema este ano será pauta de dois importantes encontros nacionais que ocorrerão primeiro na cidade mineira de Capitólio no período de 11 a 13 de julho como Seminário Nacional de Governança para o Turismo. O segundo evento é o VI Encontro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, que será de 23 a 25 de outubro na cidade de Porto Alegre, paralelamente ao Seminário Internacional de Patrimônio Turismo. Os dois eventos foram pauta de uma reunião esta semana no Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan). Além disso, outro ponto em pauta foi a Política Nacional de Gestão Turística do Patrimônio Mundial. O Iphan foi escolhido como uma das 35 metas do governo federal para os primeiros cem dias da gestão do presidente Bolsonaro. A edição de um decreto com essas diretrizes deve contribuir para o incremento sustentável da visitação nas cidades históricas, viabilizando a preservação e a valorização da cultura local. A ideia é que a proposta também permita o ordenamento do turismo nos Patrimônios Naturais Mundiais do Brasil, como uma estratégia fundamental para a conscientização da sociedade sobre a importância da preservação de nossa memória cultural.

Arapiraca/FrigoVale

Os vereadores de Arapiraca realizam uma audiência pública no próximo dia 2 de abril, para debater os problemas quem envolvem o funcionamento do frigorifico FrigoVale. Os vereadores pediram através de requerimento, o cancelamento do convênio de cessão do prédio público para o funcionamento do empreendimento. Os motivos são muitos e vão desde falta de pagamento de impostos, até poluição ambiental.

Arapiraca/Barragens

Uma audiência pública que estava agendada para ocorrer também na Câmara de Vereadores de Arapiraca era com relação as condições das barragens existentes na região Agreste de Alagoas. Os vereadores estão preocupados principalmente com o funcionamento da Mineradora Vale Verde, que pretende explorar minérios de cobre e ferro nos mesmos moldes da Vale do Rio Doce em Brumadinho.

Japaratinga/Obras hotel

O hotel Salinas de Japaratinga deu inicio a obra de construção de um túnel sob a rodovia AL 101 Norte, para dar acesso dos hospedes à Praia vem causando congestionamentos e irritação de motoristas. A obra privada é inédita em Alagoas, já que é a primeira com esta finalidade. Quem usa a rodovia reclama deficiência na sinalização, principalmente a noite, quando o risco de acidente é grande.

Japaratinga/Obras hotel 2

Fora os transtornos que a obra privada em causando ao trânsito naquele trecho da AL 101 Norte, se deve louvar a iniciativa do Grupo Salinas, em investir em um equipamento que vai aumentar a capacidade de leitos na região gerando emprego e renda. O Hotel Salinas de Japaratinga está praticamente pronto e agora o desafio é viabilizar o abastecimento de água, através de uma adutora.

Delmiro/Hospital

A obra de construção do Hospital Regional Antenor Serpa em Delmiro Gouveia, já começou e está em fase de serviços de terraplanagem. A população está na expectativa quanto a contratação dos trabalhadores. Os interessados vão ao local da obra todos os dias em busca de informações junto a empresa que está a frente dos trabalhos, mas não obtém detalhes do processo de contratação.

Aumento da Vazão

A Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) emitiu alerta do aumento da vazão na barragem de Xingó, para 776 m/s desde o dia 26. O aumento da vazão ocorrerá todos os dias a partir das 10 horas até as 18 horas e poderá chegar ao recorde de 1.500 m/s neste horário. Durante a madrugada a vazão será reduzida para 600 m/s. O perigo do aumento da vazão para 1.500 m/s são as inundações, que poderá causar nas cidades ribeirinhas.

Cigip

Nossa nota publicada semana passada sobre a forma de recolhimento da Contribuição de Iluminação Pública (CIP), causou muita polêmica e uma “nota de esclarecimento” por parte do Consórcio Intermunicipal de Gerenciamento de Iluminação Pública (Cigip). A nota diz que a CIP continua sendo recolhida pela empresa Equatorial e repassada aos municípios, mas em alguns casos essa operação está sendo feita diretamente às prefeituras, sem passar pelo Consórcio.

Preço do Álcool

Os donos de postos de combustíveis de Alagoas esclarecem que o aumento do valor dos preços do álcool nas bombas, se deve ao fato da BR Distribuidora ter aumentado o valor em R$ 0,20, sem nenhum motivo para isso. Essa é mais uma tentativa de sabotar o projeto brasileiro de ter um biocombustível competitivo, independente das importações do Petróleo.

Tapera

O município de São José da Tapera vem sendo manchete constantes nos veículos de comunicação nos últimos meses. Os escândalos envolvendo a classe política do município tem envergonhado a população. Esta semana os bens do atual prefeito José Antônio foram bloqueados por denuncias e ele ainda responde a uma Comissão Parlamentar de Inquérito, que apura a denuncia do desvio de R$ 10 Milhões do Iprev.

 

 

 

COMPARTILHE

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA